quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

É

É muito calor envolvido.






E muito amor também. Neste dia em que eu te reli quase inteiro.

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

o deus sumério [ou: o deus está pronto]

- Se eu fosse um escultor, esculpiria aquele toco. Estou vendo nele o rosto de um deus sumério. 
- Pois eu, se fosse artista, exporia esse toco do jeito que ele está. Estou vendo o rosto do deus sumério. Perfeitamente. 



inços & aquilos ◄ : ela é uma pensadora

inços & aquilos ◄ : ela é uma pensadora:

pensa no mato sem cachorro, na morte da bezerra, na volta do bumerangue, na força estranha da formiga, na poeira que flutua invisível, na fumaça que sobe às barbas do vento, na circunferência da ervilha, no raio do ovo galado, na tonga da mironga, na desmatéria do ritmo. 

(e acha tudo à fudê).

para escrever

para escrever não se pode estar tão emocionada. 
o afeto distrai. nada para no lugar.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Julia

Sequestrou o meu coração e, depois, o meu cérebro. 
Escrever está difícil, porque (está) insuficiente.




Se por surpresa ou por feliz, não sei. Só sei que está.



sexta-feira, 9 de agosto de 2013

ando branda

Ando branda 
há muito tempo.

Se bom ou ruim
só cabe a mim.


Fim.

Bom humor

Bom humor: não saia de casa sem ele, e sem ele não volte pra casa jamais. 



Porque só o humor salva. 
Porque sem humor não se encontra (nem) Jesus.  




empatia

A empatia é diretamente proporcional ao amor da gente por a gente mesmo - conclusão a que cheguei depois de perceber que eu gosto da minha vizinha mesmo que ela nunca tenha me dado qualquer motivo senão ter me emprestado os seus olhos para que eu pudesse me ver melhor.

inços & aquilos ◄ : 228 days ago

inços & aquilos ◄ : 228 days ago: chove a cântaros. os passarinhos não cantam. [@ellacarlinha on twitter]

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

18h21


são 18h21. nem mais nem menos, antes - porque agora sim. mas sei lá, também. dizem que o tempo são tempos que correm em paralelo. naquele exato recorte, então, foi 18h21. 



só sei que em todos os tempos sou só humor e pregui  ç     a

quarta-feira, 31 de julho de 2013

num dia como hoje eu

num dia como hoje eu só tenho a agradecer. ao sol que abraça os cachorros e seca as roupas recém lavadas. ao cheirinho das roupas que se mistura com o do mato, perfumando a casa de aconchego e vento. ao vento que vem do norte carregando o barulho da cidade. ao barulho da cidade que traz de carona o apito do trem. ao trem que me leva a trilhar as palavras. às palavras das quatro horas de uma quarta de poesia e incensos. eu agradeço.