sexta-feira, 19 de agosto de 2011

minha vida na caixa de fósforos

eu sou uma formiga. vivo aqui desde que me perdi da trilha. foi por culpa de um garotinho travesso. ele tinha olhos grandes e mãos enormes. bagunçou nosso caminho e saiu rindo. várias companheiras minhas morreram. eu sobrevivi porque sou veloz e esperta. corri para o mato e encontrei essa caixa aberta. e desde então vivo aqui sozinha. de dia eu durmo e a tardinha saio para buscar comida. mas antes de voltar pra caixa, eu curto o show das cigarras. não posso reclamar, minha vida melhorou muito. antes eu não sabia o que era farra. estou quase aprendendo a cantar. e quando isso acontecer de fato, deixo de trabalhar e me mudo desse mato. já instalei rodas na minha caixa de fósforos, e na fachada escrevi meu nome. sempre sonhei em viver num motorhome.      

Nenhum comentário:

Postar um comentário