quinta-feira, 20 de outubro de 2011

a flor

abriu a janela, deixou o sol abochornar a sala. meteu um chiclé na boca e desenhou uma flor com caneta esferográfica. pendurou o desenho na parede e coloriu o miolo da flor com o chiclé mastigado. o sol foi derretendo o chiclé, e da matéria viscosa nasceram nuvens choronas. ficou tudo uma porcaria. então veio a mosca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário